CAMPO LEXICAL

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W Z

Contador de Visitas

Na Internet desde 2005.
mod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_countermod_vvisit_counter
mod_vvisit_counterToday1986
mod_vvisit_counterYesterday5469
mod_vvisit_counterThis week7455
mod_vvisit_counterLast week62606
mod_vvisit_counterThis month208259
mod_vvisit_counterLast month261827
mod_vvisit_counterAll days12286483

We have: 40 guests, 13 bots online
Your IP: 54.226.120.183
 , 
Today: Abr 21, 2014
Nº de colaboradores: 178

Estatísticas

Há 1609 verbetes publicados

CAMPO LEXICAL

Conjunto de palavras cuja formação partiu de um radical comum. A composição e derivação são os processos de formação das palavras de um mesmo campo lexical. A noção de campo lexical é sinónima da de família de palavras. Por exemplo, para a palavra carro, podemos formar um campo lexical com as seguintes palavras: carrinha, carrão, carrossel, carruagem, carroça, carripana,… Os campos lexicais não estão fixos numa língua, porque estamos sempre a criar novos lexemas e a mudar a relação entre os lexemas que formam um campo.

O conceito de campo lexical foi introduzido nos anos 20 e 30 por linguistas como Trier, Porzig e Weisberger. A diferença entre um campo lexical e um campo semântico, generalizada nos manuais de linguística e crítica literária, não é radical, porque um campo lexical é necessariamente também um campo semântico (de relações significativas), e vice-versa. Daqui resulta que muitos lexicógrafos preferem a designação de campo léxico-semântico.